Do Muro das Lamentações ao Muro do Apartheid – António Louçã

 

O Estado de Israel define-se a si próprio como um “Estado judeu”. Todas e todos os que não sejam judeus vêem-se tratados como indesejáveis ou como cidadãos de segunda classe. Nos territórios ocupados, são mesmo não-cidadãos: são privados de água e impedidos de circularem na sua terra, assistem à demolição das suas casas e à detenção dos seus deputados e ministros. O Estado judeu, gémeo e sósia do apartheid sul-africano, sobrevive-lhe hoje na prática duma implacável limpeza étnica e de crimes de guerra condenados pela comunidade internacional.

Este opúsculo pretende contribuir para colmatar um duplo défice de informação. Por um lado, pouco se conhece em Portugal sobre a situação no Médio Oriente. Por outro lado, surgem, uma e outra vez, afloramentos de um debate sempre sufocado, e do qual o grande público não chega a tomar conhecimento.

Juntam-se neste livro os depoimentos de artistas, escritores, juristas, historiadores ou activistas de direitos humanos, que combatem o apartheid do século XXI: Alan Stoleroff, André Almeida, António Louçã, Cecília Toledo, Elsa Sertório, Gilbert Achcar, Gonzalo Boye Tuset, Ilan Pappé, José Goulão, José Welmowicki, Mário Tomé, Michel Warschawski, Miguel Urbano Rodrigues, Shahd Wadi e Ziyaad Lunat. Juntámos aos textos desta recolha o famoso cartoon de António, publicado no semanário Expresso por ocasião do massacre de Chatila, em 1982.

19,00

Informação adicional

Autor

António Louçã

Ano de Edição

2009

Encadernação

Capa Mole

Idioma

Páginas

152

ISBN

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Apenas clientes com sessão iniciada que compraram este produto podem deixar opinião.